15 MAIO 2021
11:35:54
INFORMATIVO - MATÉRIAS
04-05-2021 - GUERRA CIVIL DIA 51. CORRUPÇÃO NO STF É O FOCO

04-05-2021   -   GUERRA CIVIL DIA 51. CORRUPÇÃO NO STF É O FOCO

 

 

          Hoje vamos a uma rapidíssima. Estamos agora numa marcha lenta para resolver pendências pessoais cretinas e também trabalhando no próximo informativo-monstro a ser disponibilizado. 

 

          No vídeo abaixo há uma discussão sobre execução penal após decisão em segunda instância. Já vimos isso. Segundo a Constituição, a prisão é só após o trânsito em julgado. Isso é cláusula pétrea. Se a emenda sair, o STF a julgará inconstitucional. Todo o debate é pura perda de tempo. O que precisa ser feito é cassar o STF, para possibilitar as condenações e prisões (mesmo que após o trânsito em julgado):

 

 

          Não houvesse corrupção no STF, o processo do tríplex teria transitado em julgado neste início de ano e Lula já estaria de volta à cadeia. Aliás, nem teria demorado tanto tudo, pois a maior parte dos recursos nem teria sido interposta, pois não haveria esperança de vendas de sentenças. A coisa demorou porque o tribunal corrupto ficou esperando o momento em que o povo esmorecesse para dar o golpe. O povo baixou a guarda e veio o golpe judicial, pondo a lava-jato abaixo.

 

          Sobre as manifestações em prol do artigo 142 e sobre a corrupção no STF temos os vídeos abaixo, que apesar de bons são ainda anódinos (tem muito pano passado na história, com a ladainha de que os ministros extrapolaram, mas continuam ainda como amigos):

 

 

 

 

 

          As movimentações em prol da intervenção militar precisam continuar. A estratégia básica da máfia é vencer pelo cansaço, esperar passar o tempo, fazer tudo cair no esquecimento. As movimentações precisam continuar até o STF inteiro cair. 

 

          O sinal foi dado, o recado foi ouvido. 

 

          A coisa só irá surtir resultado quando houver sinais de mobilização no Senado pela cassação do STF, que é o que de fato precederá a intervenção militar, tornando-a dispensável. No fim, é o que deve acontecer. Os covardes e corruptos do Senado ficarão com medo de ir para o camburão militar também. Para evitar isso, terão de mostrar serviço, cassando o tribunal.

 

          É como a PM na rua lidando com marginais endemoniados. Mão pra cabeça filho da puta! Se não vai levar bala agora! É preciso tocar o terror e intimidar até os canalhas baixarem a crista. Eles levaram um susto agora, mas logo se recomporão, na crença de que vai sextar daqui a pouco de novo e tudo cair no esquecimento. É preciso ucranizar. Com o suposto fim da "pandemia" se aproximando, a tendência é todos voltarem às ruas. E também aos protestos. Mas também à acomodação. Mas até lá a economia vai continuar sangrando e a revolta, aumentando. E paralelamente a isso, governadores canalhas em toda parte armarão um contragolpe, com um "lockdown" super rigoroso logo mais. A máfia não descansa, é 24/7. E há o básico do básico: a queda dos marginais do STF precisa acontecer antes de Bolsonaro ser assassinado pela máfia petista. Sem Bolsonaro, tudo se esvai, pois nenhuma liderança aglutinará a reação e ninguém poderá capitanear a intervenção militar. Sem Bolsonaro no comando, a tendência é um reagrupamento dentro das próprias Forças Armadas, com os impostores voltando ao comando. Aí teremos uma ditadura civil-militar, como na Venezuela. Uma ditadura civil velada pelas togas corruptas e uma ditadura mililitar velada pela continuidade da omissão quanto ao caos e pela continuidade da sustentação da ordem privada criminosa. Essa ordem privada criminosa não é uma ordem onde o lucro é um crime sob a ótica comunista. Essa ordem privada criminosa é uma ordem onde o lucro vem da corrupção estatal prevista no Código Penal como crime comum, tudo visto sob a ótica do direito positivo. É disso que se trata.

 

_____________________

 

          Querem revogar a Lei de Segurança Nacional. No frigir dos ovos, tudo continua igual, só mudando de lugar. Em vez de os crimes figurarem na LSN, figurarão no Código Penal. A mudança principal é justamente essa e tem por objetivo tentar livrar os ministros do STF dos crimes contra a segurança nacional em que os mesmos estão enquadrados. Mas não vai adiantar, pois a conduta é permanente, deixam de se enquadrar na LSN e passam a ser enquadrar na nova lei. Quaisquer novas condutas que sejam mais detalhadas ou criadas no fim têm sempre como pano de fundo as mesmas premissas. Como sempre, os marginais do STF são sempre os primeiros a se enquadrarem em qualquer mudança penal. A estréia da nova lei de abuso de autoridade começou com eles mesmos, totalmente enquadrados. A máfia tem feito leis para serem usadas contra ela mesma, logo em seguida.

 

          A canalhice no STF não tem fim. É como um casamento. A pessoa (o povo) fala que vai separar, briga, fica de mal, mas depois esquece e vai levando. Até que um dia a coisa explode e acontece a separação. Nesse mesmo espírito acontecem as manifestações. A coisa não pode parar. Tem de ir até o fim, jogar as coisas do marido safado pela janela do apartamento, trocar a fechadura do apartamento, postar no "face", tocar o terror. Até os babacas entenderem em definitivo que acabou. É exatamente igual uma separação. Eles não são autoridades legítimas mais, são corruptos, marginais, integrantes de organização criminosa que praticam obstrução da justiça, abuso de autoridade e prevaricação. São canalhas do mais abjeto jaez. Não se está repudiando o que é legítimo, o que é legal, o que é institucional. O que se está repudiando é o crime organizado, escondido sob togas imundas, mas escancarado pelo Diário da Justiça Eletrônico, DJe, repleto de decisões ilegais e inconstitucionais em prol de criminosos, os criminosos que colocaram os marginais nos cargos. É disso que se trata. E quem quer que vá condenar alguém por causa desse repúdio é outro marginal também e que também tem de ser repudiado. É guerra civil. Mas não é guerra civil contra uma ordem democrática e sim contra uma ditadura civil capitaneada por autoridades corruptas, marginais. Esta é a coisa. É o Estado corrompido contra ao povo, uma autêntica PuTaria, a putaria petista, que usa os marginais que colocou no STF para intimidar o povo, que é de onde emana o poder, para assim subjugá-lo, torná-lo súdito de novos reis. 

 

          Lula hoje é a extrema direita radical. E só está ainda perambulando por aí porque esquerda mesmo, raiz, não existe mais, tornou-se tudo vigarice. Se houvesse uma esquerda brava mesmo, raiz, verdadeira, honesta, legítima, esse país inteiro já tinha pegado fogo, com todos os marginais dentro. Mas não, os vigaristas aplaudem os marginais, fazem coro. Apóiam todas as iniciativas autoritárias. Os que se dizem de esquerda hoje na política são praticamente todos canalhas. Gente de esquerda mesmo só tem no eleitorado, que acredita em farsantes, mas ao mesmo tempo também não tem mais quem a represente. A coisa zerou. Todo mundo se rendeu ao crime organizado e largou todas as bandeiras. Todos querem ser reis, todos querem o trono, todos querem usurpar o poder, querem ser tiranos, querem ser a extrema direita máxima, o Rei.

 

          Nós não somos de esquerda, mas foi justamente a morte da esquerda (no mundo inteiro) que nos trouxe ao atual abismo. E por abismo não se entenda Bolsonaro e sim STF corrupto. Bolsonaro é de centro, é o contraponto a tudo isso. Mas ele precisa do apoio de todas as pessoas de bem, sejam elas de esquerda ou de direita. O único político perfeito que existiu chamou-se Jesus Cristo, ele representa todos os setores e todos os interesses reunidos em prol do máximo bem comum possível. A César o que é de César, ou seja, capitalismo honestamente regulado, com equilibrio entre liberdade de empreendimento e exploração do mercado (leia-se o próprio mercado em si como também o mercado de trabalho).

 

____________________________

 

          Neste mês começa a mudança no mercado financeiro brasileiro, novas regras para opções. Confira no vídeo abaixo o alerta (Portal do Conhecimento):

 

 

          No canal Doc Options Trader mais detalhes sobre como funcionam as opções no mercado financeiro:

 

 

 

 

 

 

 

 

           Por hoje é só, teremos de ficar por aqui.

Nova pagina 1
     Globalizalização.Net
   
 
A Globalização e os Trinta Anos de Indexação no Brasil

E-Mail:
contato@globalizacao.net    
 
Copyright ©2021 Globalizacao.Net. Todos direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Globalizacao.Net! Desenvolvimento: WDSistemas Internet Solution.