28 NOVEMBRO 2021
23:43:54
INFORMATIVO - MATÉRIAS
17-11-2021 - GUERRA CIVIL DIA 248. MÁFIAS REUNIDAS NA EUROPA

17-11-2021   -   GUERRA CIVIL DIA 248. MÁFIAS REUNIDAS NA EUROPA

 

 

            Bandidos unidos tramam próximos passos do crime organizado.

 

 

 

          O ladrão está em périplo pela Europa, para combinar com os comparsas de ladroagem no velho continente depoimentos na justiça da Espanha sobre o delator Hugo Carvajal, desertor da narcoditadura venezuelana. Durante o "tour", acostumado a sempre mentir, o ladrão trocou as bolas, falando que destruiu o Brasil, uma verdade (é perda de tempo falar do ladrão aqui, mas não podia passar batido isso, mais uma confissão):

 

OS PINGOS NOS IS - LADRÃO NA EUROPA DANDO COM A LÍNGUA NOS DENTES DE NOVO

 

 

          Ao mesmo tempo, os demais bandidos, liderados pela corja do STF, estão reunidos em Portugal, como já visto. Ali a coisa é a seguinte: os marginais do STF, que têm conhecimento jurídico, traçam o plano de ação e repassam o "script" cenográfico para os demais atores do circo. O político X ingressa com a ação tal no STF, o político Y ajuiza a ação tal no TSE, a bancada de vagabundos do Senado e da Câmara vai votar o projeto tal de restrição de liberdades e proteção de marginais e assim por diante. Os políticos mesmo, hoje, são acéfalos, precisam ser orientados pelos únicos marginais que sobraram com conhecimento técnico, os tecnocratas da corrupção do STF, liderados hoje por Gilmar Mendes, o único ser inteligente dentro do STF hoje, apesar de bandido. Os outros são bandidos também, mas são burros, cretinos no último grau, razão de parte das brigas entre Gilmar e Barroso.

 

          Com toda corja de corruptos perambulando pela Europa, pode ser fechado algum acordo de pacificação temporária entre máfias, um acordo de trégua, um ajuste a respeito de para que lado vão pender os bandidos do TSE, se ajudarão a máfia petista a voltar ao poder ou se ajudarão as máfias rivais. O butim pode estar sendo dividido antes ainda da posse: quem vai ganhar no Congresso, nas governadorias e na presidência, tudo com fraude eleitoral, fraude a granel, via TSE.

 

            É para isso que os bandidos estão todos reunidos na Europa. Vai algum trouxa acreditar que Gilmar Mendes está a sério em Portugal discutindo algum assunto técnico ético?

 

_______________________

 

          No acerto entre os bandidos na Europa Toffoli veio com a historinha de que o STF seria um poder moderador:

 

 

            O corrupto escroto falou não apenas uma mentira, acabou ainda confessando que foi à Europa para fazer coisa nenhuma, pois discutir política ou proposta política não é da alçada do Judiciário. Magistrados corruptos praticando mais um crime de responsabilidade, imiscuindo-se em política partidária, em reunião cujo tema não enseja qualquer ética na participação de magistrados e ao mesmo tempo é apenas um pretexto para reunião de marginais à vontade para tratar de interesses maiores do crime organizado, quais sejam, qual corrupto vai ocupar a presidência, para dar continuidade ao butim interrompido na era Bolsonaro. O tema do seminário é: como tirar Bolsonaro da parada.

 

          A reunião é para tratar de crime organizado. E o pretexto da reunião enseja crime de responsabilidade, política partidária, discussão sobre assunto meramente político, coisa que não é da alçada do Judiciário.

 

          É o marido traidor que marca encontro com a amante no motel e diz que vai ao motel fazer segurança para a prostituta do prostíbulo durante o coito, mas que será feito por ele mesmo. Nada se encaixa em coisa alguma. O próprio pretexto para a reunião já é assunto para crime de responsabilidade, não é assunto para o Judiciário. 

 

          E o pretexto para justificar reunião (do crime organizado longe da imprensa, longe de grampos da PF, longe das maletas de Renan e longe do público, com uma plêiade de bandidos de vários setores todos unidos para uma grande tramóia eleitoral a ser urdida, todos unidos para uma grande maquinação, como formar um conluio político-judicial para inviabilizar a reeleição de Bolsonaro) já é de per si ensejador de crime de reseponsabilidade.

 

          As diretrizes vêm dos marginais do STF, o que vai ser feito, e são passadas aos demais atores participantes da orquestração criminosa, para tudo parecer depois acaso. Mais do mesmo, igual aconteceu nos mandados de segurança contra Eduardo Cunha ao tempo do "impeachment" de Dilma, igual aconteceu na ADPF 378, igual aconteceu na súmula vinculante 46, igual aconteceu no caso da delação de Joesley, igual aconteceu no caso da LGPD, igual aconteceu no caso das punições contra autoridades honestas da Lava-jato, igual aconteceu no caso da nova lei de abuso de autoridade e em tantas outras oportunidades. 

 

          Antes era o assessor do juiz que era casado com a vice-procuradora que fazia a ponte entre os bandidos do STF e da PGR, por exemplo. Como a coisa agora é grande e seriam necessárias muitas "pontes" para não dar na vista, monta-se então o seminário do caralho lá na puta que o pariu, para todos se encontrarem de cara limpa, na grande orgia de trapaça onde um Judiciário corrupto e político é apenas escudo e arma de marginais da politicalha contra a lei, contra a Lava-jato e contra um presidente honesto que pode se reeleger, Bolsonaro.

 

          É isso que se passa nessa merda de seminário. PuTaria. Precisa ir todo mundo para Portugal, com salários pagos e diárias, para discutir política, coisa que não é assunto judicial? Precisa, é PuTaria. Brava.

 

          Não era para ir para a Europa. Não era para participar de seminário político. Não era para emitir opinião política. Não era para um juiz estar perdendo tempo com abobrinhas políticas. Não era para deixar o trabalho para ir fazer futrica. Não era para falar merda desse tamanho. Não era para estar cometendo crime de responsabilidade. Não era para estar cometendo crime comum. Além de participar do proibido, ainda se julga no direito de ter razão e se gabar, acreditando piamente que fala para idiotas. Esse é o "amigo do amigo de meu pai" eterno.

 

          Está aí um dos temas do seminário:

 

 

          Não há um pingo de vergonha, de temor, de receio. Está todo mundo mancomunado, na caradura, num seminário fajuto e que enseja crime de responsabilidade de per si. Tudo para combinar como fraudar a eleição de 2022 e garantir a volta da máfia ao Executivo. Uma reunião cretina, ilegal, política, partidária, absurda, insana. Juízes reunidos com políticos para discutir tema político. E fora do país, torrando dinheiro público. Em vez de estarem julgando processos no país saem para ir discutir política e crime organizado no exterior. Patifaria. Palhaçada. PuTaria. Um completo absurdo, um completo circo, reunião para inglês ver, para enganar trouxa. Não há a mais remota justificativa para este tipo de insanidade. Juiz fora do país, em dia da semana, em reunião para discutir política. E reunião com bandidos, juízes bandidos e políticos bandidos, reunião do crime organizado. Era para todo mundo sair de lá preso.

 

______________________

 

          Contra os inocentes há toda essa plêiade de marginais inventando acusações falsas para incriminá-los. E enquanto isso, Moro já começa com uma cagada, dando espaço (subjetivo) para ser acusado de propaganda eleitoral antecipada:

 

 

          Sendo inocente a coisa já é pesada, imagine-se o que será feito com quem dá margem para acusações. Isso aí vai dar pano para a manga.

 

          A proibição de campanha eleitoral antecipada é algo ridículo, mas é a lei. Por isso, todo cuidado é pouco. 

          

________________________

 

          Enquanto isso, Bolsonaro segue em viagem, no Bahrein, um sucesso; foi recebido com honras de gente de bem (lá ninguém está alinhado com as máfias globalista, chinesa, fundamentalista, russa ou comunista sul-americana, já há um domínio absoluto do país, que segue sem intenção de prejudicar o mundo ou vizinhos):

 

 

 

 

 

 

_____________________________

 

          O célebre Alexandre Garcia, jornalista dos áureos tempos, comenta o brilho do Brasil em Dubai, a PuTaria dos bandidos do STF em Portugal e a derrota da máfia esquerdista na Argentina:

 

 

 

 

 ____________________________

 

          No canal anarcocapitalista Ancapsu, comentários sobre regras para "bitcoin" nos EUA e a questão trabalhista envolvendo o UBER:

 

 

 

___________________________

 

          Sobre os precatórios faltou dizer o seguinte: processos de décadas mofavam no STF à espera de decisão. Se fosse a máfia petista ainda no governo, continuariam na gaveta. Como é Bolsonaro, os processos então andam, para invibilizar o governo ao se ordenar o pagamento de bilhões em dívidas. Elas teriam de ser pagas, mais dia menos dia. Mas a conta chegou de sacanagem agora, só para ferrar o governo, inviabilizá-lo em mais esta frente.

 

          Por isso veio então a emenda dos precatórios, para que o pagamento das dívidas fosse adiado e restasse ao governo algum fôlego. Como isso era de interesse também de Estados, a proposta então passou.

 

          Credores logicamente ficarão insatisfeitos, mas eles são em número infinitamente menor do que os que serão beneficiados com a redução do arrocho fiscal, evitando maior desgaste para o governo Bolsonaro.

 

          É um imbróglio mesmo. Credores ficaram furiosos. Mas em termos macroeconômicos não há alteração, o mesmo montante que invariavelmente irrigaria a economia continuará fluindo, mas em vez de ir para credores irá para outros beneficiários. O saldo político, em tese, a médio e longo prazo, será positivo, Bolsonaro ganha ainda mais gás para ser reeleito, caso por algum milagre isso ocorra sem que seja preciso lançar mão da intervenção militar.

 

________________________________

 

O LIXO NA EUROPA

 

CAIO O ALEMÃO RECEBE VISITANTES BRASILEIROS

 

 

          O interessante no vídeo é a descrição da situação por parte de brasileiros que viajaram para a Europa este mês e ainda estão lá.

 

          Uma maratona. Vacinação. Mas mesmo assim são precisos testes PCR. Subiu no avião, comprovação. Desceu do avião, comprovação. Entrou no hotel, comprovação. Foi almoçar, comprovação. Foi tomar café da tarde, comprovação. Foi jantar, comprovação. Foi passear, comprovação. E o tempo todo de máscara. E não foi só isso. A empresa aérea comunicou que por conta da situação o vôo de volta não está mais disponível. Ou os viajantes ficam na Europa e bancam tudo, inclusive testes PCR, ou precisam antecipar a volta em dez dias. Eles vão antecipar a volta, perdendo dez dias das férias. Esse é o passeio de férias, um inferno, programa de índio.

 

          Aproveitaram a viagem para ir até a casa de Caio e ele os recebeu, fazendo então o vídeo acima.

 

CAIO O ALEMÃO, NOVA MUTAÇÃO DO VÍRUS NA COLÔMBIA

 

 

          As informações são de que a nova cepa é bem resistente. A coisa não vai ter fim. O atentado terrorista biológico levado a cabo pela ditadura chinesa, que criou o vírus em laboratório com financiamento do governo dos EUA, é a mesma cagada feita pela Rússia agora:

 

HOJE NO MUNDO MILITAR - TESTE DE MÍSSIL PARA DERRUBAR SATÉLITE PRODUZ MILHARES DE DESTROÇOS ESPACIAIS

 

  

          A Rússia, para intimidar vizinhos, lançou um míssil e derrubou um satélite dela mesma lançado em 1982 e hoje desativado. Para mostrar serviço. Foi um sucesso. Mas milhares de destroços agora vagam em órbita, a dezenas de milhares de quilômetros por hora. Esses destroços vão atingir outros satélites e inclusive a estação espacial mais dia menos dia. Foi produzido um caos espacial que vai perdurar por décadas a fio. Um pesadelo.

 

          As armas de guerra atuais (como esses mísseis o e vírus criado em laboratório) criaram, criam e vão criar catástrofes planetárias inadministráveis. Xi, o ditador, é um ignorante. Mandou fazer o vírus. Quem fez o vírus é inteligente. Mas quem mandou fazer é um idiota, um burro, sem noção do tamanho da merda que fez. O primeiro estágio do atentado foi um sucesso. Mas o desastre que veio a seguir e ainda vai continuar por estar só na ponta do "iceberg" vai por toda a vitória por terra. Xi é um ditador abjeto, conseguiu o seu intento, mas ao mesmo tempo destruiu o mundo:

 

FERNANDO ULRICH  -  XI JINPING SE CONSOLIDA COMO DITADOR PERPÉTUO

 

 

CAIO, O ALEMÃO - JOHNSON-JOHNSON CRIA SUBSIDIÁRIAS PARA DRIBLAR COBRANÇA JUDICIAL DE INDENIZAÇÃO

 

 

          A história pode ser vista também em:

 

https://www.poder360.com.br/internacional/jj-coloca-subsidiaria-recem-criada-em-falencia-por-caso-de-talco-com-amianto/

 

          E também em:

 

https://static.poder360.com.br/2021/10/Johnson-falencia-subsidiaria-processos-talco-14-out-2021.pdf

 

          A empresa, embora super lucrativa, enfrenta processos com potencial de gerar indenizações bilionárias por ter entre seus produtos comercializados talco que tinha entre seus componentes amianto, o que supostamente gerou câncer em inúmeras pessoas. Para fugir do processo, a empresa criou uma subsidiária, para ficar com a conta e falir. Essa é a história relatada.

 

          Para fugir desse futuro, os laboratórios de vacinas assumiram publicamente que não vão se responsabilizar por efeitos colaterais das vacinas experimentais. Um simples talco, hein. Imagine-se algo muito mais complexo como uma vacina experimental.

 

          Vai ser ainda pior que no caso da Johnson-Johnson. Ninguém vai pagar por dano algum, a conta ficará para os governos, por terem criado a obrigação de sujeição ao experimento. Assim, a conta vai ficar para todos. Será mais um "precatório" que vai quebrar o país. Ou todos os países.

 

          As coisas acontecem, como visto acima. Os resultados das experiências só aparecem muitos anos depois. E depois de duras batalhas judiciais tudo termina em nada, com uma subsidiária fajuta criada para falir e a conta não ser paga.

 

          O correto nesse caso é o que foi criado e não está sendo cumprido: o termo de consentimento. Quem quiser se vacina, assina o termo eximindo empresa e governo de responsabilidade e assume o risco pelo que vai acontecer. Assim a conta não fica nem para a empresa e nem para o governo.

 

          Do jeito que ficou, a conta vai ficar para os governos. E as autoridades corruptas e ignorantes que tornaram a vacinação experimental obrigatória responderão por crimes no Tribunal Penal Internacional, as mais graves violações de direitos humanos, inclusive com resultado morte.

 

______________________________

 

          A intervenção militar hoje é uma necessidade global. A política na mão de corruptos e ignorantes levou o mundo à total destruição e está levando inclusive a guerras absurdas que por décadas não tiveram espaço por conta da autoridade, do respeito, do império da civilização.

 

          Intervenção militar nos EUA para deter a guerra civil em formação.

 

          Intervenção militar na Europa para deter a invasão islâmica e a submissão à ditadura chinesa e à ditadura russa.

 

          Intervenção militar no Brasil, para deter o Foro de São Paulo e máfias coligadas, como a máfia globalista, a máfia russsa e a máfia chinesa. E para deter também as máfias tradicionais, que se venderam a todas as outras, parte por burrice, parte por ignorância.

 

          Putin, na Rússia, apesar de toda catástrofe, é um mal necessário lá. Se ele sair, quem entra é a máfia chinesa em conluio com a máfia globalista. Ruim com Putin, pior ainda sem ele, nada que preste entraria no lugar.

 

          O Império chinês chegou ao auge, à glória. Mas como sempre foi um parasita sugando a planta e agora matou a planta, vai se repetir a história da galinha dos ovos de ouro. Daqui para frente o parasita começa a enfraquecer também. Vai pelo menos parar de crescer, pois vive das exportações para um mundo em terminal declínio (gerado por ela mesma). São as décadas finais do Império Romano do Ocidente, iniciando-se agora a Idade Média Digital. Em termos estritamente materiais (considerando-se o que está sobre a mesa e é visível), é para isso que se caminha. No melhor cenário. No cennário mais realista, caminha-se para uma nova extinção de Atlântida, algo a ser vivido a qualquer momento, dentro de dias, semanas, meses ou no máximo poucos anos.

 

_________________________

 

OLAVO DE CARVALHO ESTÁ DE VOLTA AOS EUA:

 

  

          O vídeo foi postado ontem, no final do dia. Não há menção a data específica, só se podendo presumir que seja atual por conta do contexto, que ainda assim é parcial.

 

 

           Faltou contar mais detalhes da situação. Sujeito a morrer a qualquer tempo por estar no bico do corvo e por já ter uma certa idade, alvo de censura e denúncias absurdas que levam a cancelamentos de perfis, Olavo precisa toda vez dizer a data do dia em que fala, pois seu trabalho é muito difundido e coisas antigas se misturam a exposições atuais na internet.

 

          Como máxima referência do Brasil atual, deveria dar satisfação mais detalhada de sua situação, pois o vácuo deixado por sua internação foi muito irritante. Ele está de volta mesmo ou isso aí se refere apenas à primeira vez que saiu da internação?

 

          Será preciso conferir. Data. Data das coisas. Data é coisa essencial nesse mundo bagunçado. O próprio "YouTube" colaborou para o caos, ao deixar opcional o campo de data dos vídeos, um verdadeiro atentado praticado contra as pessoas que pesquisam quaisquer assuntos. Lógica, clareza, data. Data é ESSENCIAL. Porra!

 

Nova pagina 1
     Globalizalização.Net
   
 
A Globalização e os Trinta Anos de Indexação no Brasil

E-Mail:
contato@globalizacao.net    
 
Copyright ©2021 Globalizacao.Net. Todos direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Globalizacao.Net! Desenvolvimento: WDSistemas Internet Solution.