24 JULHO 2019
04:13:31
INFORMATIVO - MATÉRIAS
12-04-2019 - OLÁ DIAS TOFFOLI!

12-04-2019   -   OLÁ DIAS TOFFOLI!

          Olá!

 

          Como esperado, a chantagem petista contra o STF continua. O escolhido da vez agora foi Dias Toffoli. Conforme divulgado pela revista Crusoé (www.crusoe.com.br), a equipe da "Lava-jato" teve acesso a informações que ligam o executivo Marcelo Odebrecht indiretamente a Dias Toffoli.


          Numa troca de e-mails o executivo da Odebrehct contata terceiro a respeito de obra e se fala do "amigo do amigo de meu pai". O "amigo" " de meu pai" era Lula, amigo de Emílio Odebrecht. Falta descobrir quem era o "amigo" de Lula. Em depoimento, o executivo esclareceu tratar-se de Dias Toffoli.


          Como todas as obras tinham alguma negociata envolvida, o fato terá de ser investigado. Tratava-se de falcatrua da empresa no tempo em que Dias Toffoli era Advogado-geral da União, indicado pela máfia petista para o cargo após sua passagem pela Casa Civil como subordinado do Diabo, José Dirceu.


          A não ser que estejam envolvidas autoridades com prerrogativa de foro, o fato terá de ser investigado pelo MPF mesmo e não pela PGR, pois o fato se deu quando o hoje ministro (e futuro presidiário) era advogado-geral da União. Como ex-AGU, o fato não tem relação com seu cargo atual e, portanto, em caso de denúncia criminal, esta será direcionada à primeira instância da justiça federal. No caso, a 13ª vara da justiça federal em Curitiba, PR, juízo prevento, em face da conexão e da continência já estabelecidas.


          Assim, Toffoli estará, caso a investigação prospere, em primeira instância.


          Como se trata de Marcelo Odebrecht, naturalmente a história não será totalmente contada, podendo inclusive ter sido contada a pedido da máfia petista, para chantagear o STF inteiro, não só Toffoli. A segunda opção é a mais condizente com o atual estágio de ocaso e desespero da máfia petista. Trata-se, portanto, de chantagem. Toffoli foi o escolhido. E isso porque a fraude a ser montada é o recurso esdrúxulo no STJ, no qual vai se alegar a incompetência de Curitiba e se exigir a ANULAÇÃO DO PROCESSO do tríplex.


          Com a anulação do processo do tríplex, Lula não só sairá da cadeia como se verá livre de tudo.


          Houve duas fraudes no STF:  (1) a da restrição do foro (para tirar a competência de Sérgio Moro) e a (2) fraude de remeter para a justiça eleitoral os processos da "lava-jato" na justiça federal.


          A fraude (1) era para ter ficado pronta para ser aplicada no processo do tríplex, mas foi denunciada aqui na época em 2017 (e depois na justiça, em 2018, em ação popular). Aí tiveram de esperar. Lula foi condenado e preso. Depois veio Temer. Tiveram então de agilizar e a fraude (1) ficou pronta em 3 de maio de 2018. Em 22 de maio de 2018 ela foi denunciada por nós aqui na justiça.


          Tiveram então de apelar para a fraude (2).


          O recurso de Lula agora no STJ está fundado na fraude (2) do STF. E será uma decisão fraudulenta do STJ, baseada na fraude do STF. Com um jogando a culpa no outro. O STJ anula e processo e solta Lula, jogando a culpa no STF. E o STF joga a culpa no STJ, ao dizer que a decisão foi dele.


          Como em seguida haveria um escândalo nacional, como o povo na rua em peso, o STF teria de revogar a decisão do STJ (a ser tomada nos próximos dias) imediatamente.


          Para que o STF não revogue a futura decisão fraudulenta do STJ baseada na fraude do STF, houve então agora a chantagem contra Dias Toffoli, que é apenas um gancho a ser investigado, nada foi efetivamente descrito com relação a autoria e materialidade de delito. Sabe-se o tipo de fato, o gênero, mas não se tem a espécie e nem as datas ainda.


          Assim, o STJ deve livrar Lula da cadeia, anulando o processo. E com o STF sob chantagem, Lula continuaria livre. Esta é a jogada.


          Com a cagada a ser feita pelo STJ e mais um escândalo envolvendo o STF, com o povo na rua, Senado abafando escândalo, formar-se-á uma bola de neve, que será exponencialmente crescente a cada sílaba de merda que Lula disser na sua verborragia diária e horária ininterrupta que fará após deixar a cadeia. Será linchado em praça pública, ninguém aguenta mais ouvir a catilinária. E, junto com ele, as ghilhotinas de 1789 cortarão as togas imundas de lama.


           A estratégia foi bem montada no sentido de forçar a sua saída. Ele vai sair. Mas o que vai acontecer depois será desastroso. Isso não foi calculado. Mas ... Foda-se. Preso ele já está. O máximo que pode acontecer é ele ser solto. Para as togas é que existe o problema, elas não resistirão e têm tudo a perder.


          Outro indicativo (e quando se fala em Odebrecht está em curso o clássico do clássico do clássico do blefe) de chantagem é o fato de que apenas um ministro do STF apareceu nas provas da instrução. Isso é balela. Se tem um lá é porque todos estão lá. E dos outros ele nada falou e nem vai falar. É um recadinho para os outros bostas da Corte de que a coisa vai feder caso não colaborem para manter a cagada que o STJ vai fazer daqui a pouco.


          Seja como for, a derrocada final do STF precisa de um bom impulso para deslanchar. Este impulso será o Lula Livre. Lula e suas merdas ditas dia sim outro também e turbinadas pela grande imprensa falida vagabunda e criminosa a seu serviço farão o serviço de destruir o STF, atiçando o fogo do inferno, fazendo as labaredas da merda chamuscarem os céus. Será uma carnificina com os "coletivos" da claque petista nas ruas provocando as pessoas, como aquela ordinária gosta de fazer com suas vítimas. Lula, como ícone sideral da corrupção, turbinará a revolta de um povo corno, cansado e otário que vive em berço esplêndido dormindo no sofá.


          A hora da verdade chegou. Lula vai sair. O que vai acontecer depois é indescritível. O terrorista que foi trocado pelo embaixador sequestrado dos Estados Unidos em plena ditadura militar (o Diabo) não está nem aí para uma cambada de moleques bunda-moles de toga a seu serviço. Ele vai por prá foder e não quer nem saber. São meros civis, numa época de gente frouxa. Quem tem poder não é quem manda, é quem nada tem a perder e pode tacar fogo em tudo.


          Como dito, a quaresma ia ser violenta, recheada e truculenta. Os dois ovos de Dias Toffoli chegaram, antecipidamente, trazidos pelo Coelho da Páscoa da Odebrecht. Se o presentinho não funcionar, depois o Kid Bengala traz mais, com a metralhadora ponto cem.


          No carnaval de 2020, os confetes serão feitos com pedaços de togas rasgadas.

Nova pagina 1
     Globalizalização.Net
   
 
A Globalização e os Trinta Anos de Indexação no Brasil

E-Mail:
contato@globalizacao.net    
 
Copyright ©2019 Globalizacao.Net. Todos direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Globalizacao.Net! Desenvolvimento: WDSistemas Internet Solution.